sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

último do ano.


O último desenho do ano foi musical.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Pátio dos Artistas.



 

É já uma espécie de tradição: quando vou a Campo de Ourique para desenhar passa-se sempre qualquer coisa no clima e, ou calha num dia de tempestade ou num daqueles dias abrasadores que parece que vamos derreter. Este dia não foi excepção.
Havia um encontro marcado para desenhar o Pátio dos Artistas, mas a chuva não nos permitia desenhar a céu aberto, e obrigou-nos a procurar refúgio no CACO - Clube Atlético de Campo de Ourique. Felizmente as nuvens passaram e pudemos cumprir o nosso intuito de desenhar o Pátio.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Museu da Marioneta.




 
Desenhos de uma visita ao Museu da Marioneta no ano passado, e que ainda não tinham vindo a público. Ainda faltam pintar mais umas páginas...

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Mausoléu.




O Cemitério dos Prazeres é um dos meus lugares preferidos em Lisboa.
Um autêntico museu ao ar livre, com uma vista fabulosa, habitantes felinos, árvores majestosas e tanto, mas tanto para desenhar!

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

domingo, 4 de dezembro de 2016

É Natal!

É Natal e entre a habitual azáfama da época tenho tentado arranjar um tempinho para fazer postais e papéis de embrulho. Afinal de que me servem os carimbos se depois não me posso divertir com eles? :)

domingo, 27 de novembro de 2016

Fernando Pessoa.




Uma vez por mês, a Rosário convida-nos a Desenhar Campo de Ourique.
Este mês fomos visitar a Casa Fernando Pessoa que, para além de alguns objectos (originais e réplicas) que pertenceram ao escritor, tem estas fantásticas esculturas.
Já nem me lembrava de que tinha ali estado há uns anos, quando ainda andava no secundário... Desenhar faz toda a diferença nas nossas memórias, e desta vez já não me esqueço! :)

P.S. acho que ainda vou escolher uns textos para compor as páginas :)

domingo, 20 de novembro de 2016

caretas.

Este foi o último desenho de uma manhã de domingo super produtiva num museu maravilhoso de se rabiscar!

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Coliseu.


 


 
Não, nunca tinha entrado nesta sala de Lisboa...
Aconteceu há umas semanas, numa manhã de domingo, ainda o Coliseu não se tinha recomposto da noite anterior. Encontrei-o escuro e silencioso. Que sensação!
Feitas as apresentações, escolhi um dos camarotes para me instalar, e puxei do caderno, já ciente do desafio que me esperava...
O que trouxe comigo foi aquele tempo em que ali estive, o silêncio que ninguém queria interromper, os momentos de inspirar e expirar... é disso que eu gosto no desenho. :)