sexta-feira, 27 de maio de 2016

o museu visto de fora.

Depois de uma manhã inteira dentro do museu, à tarde vim apanhar um bocadinho de ar e aproveitei para desenhar no meu caderno panorâmico XS. :)

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Museu de Etnologia.


 
Quando me acontece ficar deslumbrada com os lugares, e quero aproveitar ao máximo o tempo, o meu processo tende a ser um bocadinho automático. Simplesmente agarro numa caneta e desato a desenhar, sem me preocupar com composições, legendas ou outras coisas... Vou fazendo anotações das sombras, mas o colorido é feito posteriormente, com auxílio da memória ou fotografia.

domingo, 22 de maio de 2016

sarcófago.

 
 
Dias felizes são aqueles dedicados inteiramente ao desenho e à descoberta.
Ontem foi um desses dias, em que saí de casa impaciente por ir conhecer o Museu Nacional de Etnologia, e desenhar as suas preciosidades.
Era para ter ido só de manhã, acabei por ficar o dia todo, e já no fim, completamente exausta, quando já tinha "fechado a loja", olhei para esta peça, e foi mais forte que o cansaço...  :)

sexta-feira, 20 de maio de 2016

sapatilhas.


Voltei a desenhá-las, desta vez a propósito do desafio Uskp deste mês.

segunda-feira, 16 de maio de 2016

bipolar.



Ora chove, ora faz sol!
Foi assim no fim-de-semana, a provar que o tempo continua indeciso, como quem  não sabe o que vestir e está sempre a trocar de roupa... 

domingo, 8 de maio de 2016

aproveitar o Sol.



Para aproveitar aquele que estava anunciado como o último dia de sol antes de uma semana cinzenta de chuva e trovoada, fui estender-me na relva junto ao rio, e desenhar claro! :)
Agora é esperar que o sol volte depressa, para mais fins de tarde assim.

sábado, 7 de maio de 2016

quiosque.


Gosto de quiosques, e já andava a namorar este em Sete Rios há algum tempo...
A Praça é agradável, principalmente pela sombra das árvores que sabe tão bem em dias de sol, mas é apenas um lugar de passagem, num vai e vem de pessoas entre autocarros, metro e comboio.
A abertura do quiosque mudaria certamente esta dinâmica...

quinta-feira, 5 de maio de 2016

tarde de poesia.







Visitei o Parque dos Poetas pela primeira vez há alguns anos, quando o espaço ainda era um terço do que é agora, e eu ainda não desenhava em cadernos.
Voltei lá no domingo passado, com malta dos desenhos, e fiquei deliciada com tanto que há para registar. Pela dimensão gigantesca do parque não consegui conhecer todo o espaço, mas não faz mal... posso sempre lá voltar. :)

No regresso a casa, enquanto esperava pelo comboio, ainda fiz um desenho no caderno pequeno. 

quarta-feira, 4 de maio de 2016

fetos.


Depois de um manhã a desenhar no Museu da Música, o destino foi o Parque Bensaúde para um almoço com o Sol.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Museu da Música.




Uma forma de perceber a evolução dos desenhos (e a nossa própria evolução) é voltar ao mesmo sítio com algum intervalo de tempo.
O Museu da Música não sofreu alterações de nota desde que fui lá desenhar no ano passado.
Mas tudo o resto foi diferente, a começar pelo meu olhar que me levou a fazer desenhos diferentes dos anteriores, e que podem ser vistos aqui.

Mal posso esperar pela próxima visita. :)